• General Search
  • Companies
  • Blogs
processing

Exposição “Homenagem”

Exposição “Homenagem”
Exposição “Homenagem”
A Galeria Almedina terá patente ao público, até 28 de janeiro de 2018, a exposição de pintura intitulada “Homenagem”, de autoria de Anunciação Matos.

Descrição

Exposição “Homenagem”, de Anunciação Matos

A Galeria Almedina (junto ao Arco de Almedina) terá patente ao público, de 23 de novembro 2017 a 28 de janeiro de 2018, a exposição de pintura intitulada “Homenagem”, de autoria de Anunciação Matos.
O espaço municipal acolhe trabalhos desenvolvidos na última fase da vida de Anunciação Matos, na qual a artista revela uma maior maturidade técnica, patente no gosto de trabalhar com as mãos, na utilização de cores vibrantes, na exploração sensorial do cheiro e textura do pastel.

O seu último fôlego artístico foi dedicado à temática do Tango, cujas obras estão impregnadas de festividade, de cores quentes, e de força vital da mulher, simultaneamente sensual e delicada.
Maria Anunciação de Lurdes Cardoso de Matos nasceu em Angola, em 1953, onde viveu a intensidade das cores, o cheiro forte da terra e das gentes, a mansidão dos espaços abertos, ora azuis, ora vermelhos. Regressa a Portugal no período de transição para a independência. Licencia-se em Administração Escolar exercendo funções, como Educadora de Infância, no Porto e em Coimbra. Completa o mestrado na área profissional de Administração Escolar.

No seu percurso de autodidatismo Anunciação Matos definia-se como “persistente e atrevida”, através da sua pintura que considerava resultante de “uma vontade de expressão que queria partilhar com os outros”. Expôs os seus trabalhos, individual e coletivamente, em diversos pontos do país e, assim, passou do estado “embrionário” ao adulto. Iniciou-se a pintar a óleo e, mais tarde, experimentou o pastel, que não dispensou, até ao fim de sua vida.

As suas temáticas foram várias, cheias de simbolismo e expressão de estados de alma. Retratou paisagens urbanas, animais, pessoas no quotidiano, e na intimidade dos seus corpos nus, harmoniosamente torneados. A sua especial dedicação à mulher é uma presença constante na sua obra, percorrendo várias cores e etnias. A força da mulher é transposta para as suas obras cheias de emoção.

Foi autora da capa de dois livros da historiadora Adília Fernandes. Ilustrou quatro capas da revista CEPIHS (Centro de Estudos e Promoção da Investigação Histórica e Social de Trás-Os-Montes e Alto Douro). Organizou tertúlias de poesia e literatura na Casa da Cultura e Bibliotecas Anexas da Câmara Municipal de Coimbra, que cruzava com temas de pintura de sua autoria.
Praticou voluntariado junto das associações Acreditar e Ana Jovem. Num período de glória e sofrimento de luta contra o cancro, realizou mais um sonho, a autoria de dois livros infantis: “O Gato Dudu na Aldeia Azul” e “O Gato Dudu encontra o amor”, nos quais alia o gosto pela pintura/escrita com o amor pelas crianças.

Em 2015, o último ano da sua vida, Anunciação juntou-se ao projeto ligado à Serra de Gorongosa, em Moçambique, ilustrando o livro “Contos da Gorongosa”.

A exposição estará patente até ao dia 28 de janeiro de 2018, de terça a sexta-feira, entre as 10h00 e as 18h00; aos sábados e domingos, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00. Encerra à segunda-feira e aos feriados. A entrada é livre.