• General Search
  • Companies
  • Blogs
processing

(Portugal) Dia Mundial da Música

(Portugal) Dia Mundial da Música
Dia Mundial da Música
Coimbra comemora, a 1 de outubro, o Dia Mundial da Música, com uma série de eventos destinados a celebrar esta arte nas suas diferentes formas.

Profile Description

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Portugal. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Dia Mundial da Música – Música em locais históricos e espaços municipais, em diferentes momentos do dia 1 de outubro

Coimbra comemora, a 1 de outubro, o Dia Mundial da Música, com uma série de eventos destinados a celebrar esta arte nas suas diferentes formas. Concertos, workshops, instalações sonoras e performances são as propostas da Câmara Municipal de Coimbra para sentir e celebrar a música em vários pontos da cidade.

A “magia dos sons” espalha-se por vários espaços, alguns deles municipais, como a Casa Municipal da Cultura e o Convento São Francisco, o mais recente centro nevrálgico de Coimbra que privilegia a cultura, a cidade e os seus cidadãos.

Destaque, ainda, para o circuito pedonal De Santa Clara à Fonte dos Amores – Duas Rainhas de Coimbra, coorganizado com o Coro dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra e protagonizado por diferentes instrumentistas e grupos corais da cidade, que alia a música às figuras femininas que fizeram História nesta cidade, convidando o público a acompanhar a interpretação de quatro distintas atuações musicais, associadas a um determinado contexto histórico, em outros tantos monumentos de Coimbra (Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, Igreja do Convento São Francisco, Mosteiro de Santa Clara-Velha e Fonte dos Amores, na Quinta das Lágrimas).

A comemoração do Dia Mundial da Música, instituído em 1975, pelo International Music Council (Organização Gão-Governamental fundada em 1948, sob o patrocínio da UNESCO), com o intuito de promover os valores da Paz e da Amizade, por intermédio da Música, passadas mais de quatro décadas, continua a fazer sentido no mundo atual sendo, por isso, celebrado por todo o mundo.

A efeméride, integrada na dinâmica cultural da Câmara Municipal de Coimbra, celebra a “arte das musas” e convida miúdos e graúdos a deixarem-se cativar por esta prática cultural que entrelaça o som com o silêncio e que marcará presença na cidade, desde a manhã até ao período noturno.

 

Programação:

 

11h30 | Orquestra de Sopros de Coimbra

Casa Municipal da Cultura – Biblioteca Municipal de Coimbra

Público-alvo: geral

Gratuito

 

15h00/18h30 | De Santa Clara à Fonte dos Amores – Duas Rainhas de Coimbra

Coro dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra

Gratuito

Nos quatro espaços escolhidos (Mosteiro de Santa Clara; Igreja do Convento São Francisco; Mosteiro de Santa Clara-a-Velha e Fonte dos Amores) convergem diferentes visões, entrecruzadas com a música e a História, tendo como pano de fundo a memória de duas mulheres, que tanto disseram – e ainda dizem – a Coimbra, ao País e à Europa.

Público-alvo: geral

Ponto de Encontro: Mosteiro de Santa Clara-a-Nova

 

Circuito:

15h00 (duração: cerca de 40 minutos) | Mosteiro de Santa Clara-a-Nova (início do percurso: Igreja)

Apresentação do projeto, por José Santos Cabral (presidente de direção do Coro dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra). Leitura histórica, por António Rebelo (presidente da Confraria da Rainha Santa Isabel).

Relação do Mosteiro de Santa Clara-a-Nova com a música, ao tempo da fundação do Mosteiro e respetiva contextualização histórica, por Virgílio Caseiro (maestro do Coro dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra)

Música: Coro dos Antigos Orfeonistas

 

16h00 (duração: cerca de 40 minutos) | Igreja do Convento São Francisco (início do percurso: antecâmara – nártex)

Leitura Histórica: “A história do monumento – Da chegada dos Dominicanos a Coimbra à Capela do Tesoureiro”, por Pedro Dias (historiador)

Música: Duo Arpeggio [Tiago Anjinho (violoncelo) e Beatriz Cortesão (harpa)]

 

17h00 (duração: cerca de 40 minutos) | Mosteiro de Santa Clara-a-Velha (início do percurso junto à Porta da Rosa/Igreja)

Apresentação do espaço, por Celeste Amaro (Diretora Regional de Cultura do Centro).

Contextualização dos temas a interpretar, por Cristina Faria (maestrina do Coro D. Pedro de Cristo)

Música: Coro D. Pedro de Cristo e Grupo Vox Etherea

 

18h00 | (duração aproximada: 30 minutos) | Fonte dos Amores

Leitura Histórica: “O Amor de Inês”, por Maria Helena Coelho (historiadora)

Música: Grupo de Fado dos Antigos Orfeonistas

 

Encerramento: Interpretação conjunta do tema “Coimbra”.

 

 

15h00/20h00 | Gamelão De Porcelana e Cristal | Instalação e Workshop

Convento São Francisco

15h00 e 17h00 (lotação limitada)

Público-alvo: geral

Bilhetes: 3€ |5€ Famílias |1,5€ (0/<12 anos) |T. 239857191

O Gamelão de Porcelana e Cristal é uma ideia inspirada no milenar gamelão javanês, mas também em várias tendências da música experimental, de Cage a Partch. Trata-se de um “instrumento musical coletivo” constituído por centenas de peças de porcelana, faiança, grés, vidro e cristal que é simultaneamente um objeto visual/escultura que pode adquirir várias formas e dimensões e que é repensado em função do espaço arquitetónico que o acolhe.

 

16h00 | As Mondeguinas, Tuna Feminina da Universidade de Coimbra

Casa Municipal da Cultura – Biblioteca Municipal

Público-alvo: geral

Gratuito

 

16h00 | C_Vib – Cymatics_Vibrating Interactive Boards | Instalação sonora e performance

Convento São Francisco

16h00 – Performance (lotação limitada) |Eletrónica ao vivo: Simão Costa |Dança: Yola Pinto

Bilhetes: 3€ | 5€ Famílias | 1,5€ (0/<12 anos)

O C_Vib são quatro esculturas sonoras e um convite à contemplação (inter)ativa. O público é desafiado a ver, ouvir e a tocar o som. É, também, um espetáculo/concerto protagonizado por uma bailarina e um músico, em torno do mundo mágico destas esculturas que se revelam instrumentos de tocar e dançar. Material ou imaterial? É um convite para sentirmos o som de outra forma, com o corpo todo e interagindo com estes objetos híbridos  e misteriosos.

Projeto produzido por MãoSimMão, cofinanciado pelo Governo de Portugal – Secretário de Estado da Cultura/ DGArtes com o apoio do Pavilhão do Conhecimento/ Ciência Viva

 

17h00 | Fernando Meireles (Violinista)

Casa Municipal da Cultura – Biblioteca Municipal

Público-alvo: geral

Gratuito

 

22h00 | Noites de Música no Coração da Cidade de Coimbra [Noite de Música Instrumental]

Encontro de Concertinas, pela Associação Cultural e Recreativa de Coimbra

Praça 8 de Maio

Público-alvo: geral

Gratuito

 

22h00 | Artur Pizarro (piano) e Orquestra Clássica do Centro

Igreja do Convento São Francisco

Unir um dos grandes nomes do piano em Portugal e a Orquestra Clássica do Centro (OCC), no dia mundial da música e, simultaneamente, assinalar a reabertura da Igreja do Convento São Francisco, depois de terminado o período de reconstrução e a sua reconversão em Centro de Artes, são ingredientes para uma noite memorável.

Público alvo: geral

Reserva de bilhetes: T. 239857191 (Convento São Francisco). Bilhetes à venda no balcão do Convento São Francisco e na Bilheteira Online, em www.bol.pt.

 

Descarregue o programa completo aqui: Dia Mundial da Música | Programa